Polícia

Para disfarçar, cocaína escondida em botijões foi embalada com bexigas e pó de café

Droga foi avaliada em mais de R$ 11 milhões

Renata Portela Publicado em 30/09/2021, às 12h58

Droga estava escondida nos botijões
Droga estava escondida nos botijões - (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

Escondido em botijões de gás com fundos falsos, carregamento de 455 quilos de cocaína pura, avaliada em mais de R$ 11 milhões, foi embalado para tentar evitar detecção por cães farejadores. A droga estava embalada em bexigas, com pó de café para disfarçar o cheiro, e foi apreendida na manhã de quarta-feira (29).

Em audiência de custódia nesta quinta-feira (30), foi convertida a prisão em flagrante, do mecânico de 28 anos, em prisão preventiva. Ele foi detido com a droga e contou apenas que buscou o carregamento em Antônio João, mas não quis dar outras declarações para a polícia. Dinheiro e celulares também foram encontrados com ele e apreendidos.

Segundo o delegado titular da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), Gustavo Ferraris, a droga seria avaliada em pelo menos R$ 11,375 milhões. A polícia apurou que a droga seria entregue em Campo Grande e também em outras cidades.

Ao todo, foram 28 botijões, que escondiam 15 tabletes de cocaína cada. Corpo de Bombeiros precisou ser acionado para auxiliar na ação, já que havia risco de explosão.

Jornal Midiamax