Polícia

Paciente psiquiátrica é levada ao hospital com sangramento e polícia investiga estupro

Família costuma deixar a vítima andar sozinha nas ruas

Renata Portela Publicado em 31/05/2021, às 12h43

Vítima foi levada ao hospital por familiares
Vítima foi levada ao hospital por familiares - (Foto: Sidrolândia News)

Na noite de domingo (30), uma mulher deu entrada no Hospital em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande, com ferimentos que indicam possível estupro. Ela é paciente psiquiátrica e faz acompanhamento no Caps (Centro de Atenção Psicossocial).

Segundo a polícia, a mulher deu entrada no hospital com sangramento no órgão genital e passou por atendimento médico. O médico plantonista acionou a Polícia Militar após identificar que, além de sangramento, a vítima também tinha lacerações.

A mulher tem esquizofrenia e disse que caiu em casa e se machucou no portão. Ela foi levada até a unidade pela família e conforme o Sidrolândia News, os familiares deixam a vítima andar pelas ruas do assentamento em que vivem sozinha.

No domingo, ela teria voltado para casa, sem qualquer alteração, mas quando foi tomar banho a família notou o sangramento. Sob suspeita de se tratar de caso de estupro, a Polícia Civil iniciou investigação.

Jornal Midiamax