Polícia

Oito pessoas são presas e 12 armas são apreendidas durante caça ilegal

Dois adolescentes foram apreendidos

Diego Alves Publicado em 05/12/2021, às 19h57

Reprodução
Reprodução

Oito pessoas foram presas e 12 armas foram apreendidas em  uma região conhecida como Trevo do Polaco nas imediações da MS-460 entre Sidrolândia e Maracaju, neste domingo (05). Dois adolescentes foram apreendidos.

Policiais militares ambientais realizavam patrulhamento na região de Sidrolândia e Maracaju na manhã deste e receberam denúncias de caça ilegal. Os policiais foram a uma região nas proximidades do local conhecido como Trevo do Polaco, nas margens da rodovia MS 460 e localizaram um acampamento de caçadores montado próximo e em uma casa abandonada. No local estava um infrator  de 38 anos, residente em Sidrolândia, que relatou que estava desde o dia anterior, juntamente com amigos realizando caça de Javali, os quais haviam saído para caçar e ele ficara em vigilância do acampamento.

Os policiais encontraram uma espingarda da marca Rossi calibre 38 municiada e carregada dentro de um veículo Chevrolet S10, que pertencia ao infrator, para a qual não havia documentação.  Ele recebeu voz de prisão pela posse ilegal da arma. No interior da casa abandonada, além de colchões e roupa, foi localizado em uma caixa térmica um animal silvestre abatido da espécie paca (Cuniculus paca) e na cozinha um tatu-galinha também abatido (Dasypus novemcinctus), ambos em extinção. O homem disse não saber quem do grupo havia abatido os animais e que eram mais nove caçadores que portavam rifles, espingardas, fuzis e revólveres, em dois veículos do tipo camionete, uma motocicleta e cães farejadores.

Jornal Midiamax