OAB emite nota lamentando morte de advogado assassinado na fronteira de MS

Diretoria da subseção de Ponta Porã diz acompanhar investigações
| 02/11/2021
- 15:46
Advogado foi morto a tiros
Advogado foi morto a tiros - Foto: Capitan Bado

A (Ordem dos Advogados do Brasil) emitiu nota de pesar lamentando a morte do advogado Elzo Renato Teles Garcete, morto a tiros na tarde desta segunda-feira (1º) em Ponta Porã, fronteira com o Paraguai. A diretoria da 5ª Subseção, que representa a região, disse que acompanha as investigações, feitas pelas polícias brasileira e paraguaia.

A nota ainda afirma que o presidente da instituição, Mansour Elias Karmouche, irá "acompanhar de perto as investigações e exigirá das autoridades públicas a imediata solução do caso e que os autores dessa barbárie sejam punidos na forma e rigores da lei".

Elzo Renato foi executado por homens armados, que chegaram em um carro Chevrolet Corsa branco perto dele quando andava na Rua das Codornas, no Jardim Vista Alegre. Elzo morreu na hora e os bandidos fugiram após o crime.

Veja também

Homem foi esfaqueado nas costas pela mulher

Últimas notícias