O trabalhador não tem paz: golpista invade conta de autônoma e tira saldo via PIX

Na quarta-feira (03), a trabalhadora autônoma Marluce Aparecida dos Santos, de 50 anos, que atua com decorações de festas e buffet, tomou um belo susto. Ela foi vítima de estelionatários que ‘desviaram’ R$ 1 mil da conta dela na Caixa Econômica Federal. O valor deve ser ressarcido pelo banco nos próximos dias, segundo ela. A […]
| 05/02/2021
- 18:25
O trabalhador não tem paz: golpista invade conta de autônoma e tira saldo via PIX
Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil - Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Na quarta-feira (03), a trabalhadora autônoma Marluce Aparecida dos , de 50 anos, que atua com decorações de festas e buffet, tomou um belo susto. Ela foi vítima de estelionatários que ‘desviaram’ R$ 1 mil da conta dela na . O valor deve ser ressarcido pelo banco nos próximos dias, segundo ela.

A trabalhadora explicou que por volta das 15 horas estava em uma loja do centro de Campo Grande, fazendo compras para uma cliente, quando recebeu uma notificação do celular informando sobre uma transferência no valor de R$ 1 mil. Ela olhou de relance e chegou a imaginar que alguém havia lhe passado o dinheiro por engano.

Porém, ao acessar a conta pelo aparelho, constatou que o dinheiro havia sido retirado sem sua autorização, por terceiros. “Não faço ideia de como tiveram acesso”, disse ela, informando que não havia deixado o celular com estranhos.

 

Ela fez questão de ressaltar que não acessou conteúdo suspeito e não repassou dados pessoais de segurança para ninguém. “A única coisa que eu fiz naquele dia foi usar a conta pelo celular para receber e fazer dois pagamentos”, lamentou Marluce. Diante dos fatos, procurou a Polícia Civil e registrou boletim de ocorrência.

Em seguida, foi à agência bancária para relatar o ocorrido. Lá, respondeu a uma série de perguntas protocolares e foi informada que dentro de 10 dias pode ser ressarcida. “O funcionário me disse que estava ocorrendo muitos casos assim. Eles têm que fazer algo, porque o sistema é falho e o trabalhador fica no prejuízo”, lamentou.

 

Veja também

Corpo de Bombeiros atendeu um homem esfaqueado e outro que levou uma pedrada na cabeça...

Últimas notícias