Polícia

Mulher se recusa a pagar a conta em bar, quebra tudo e ainda corta punho

Ela achou que outra cliente teria saído do bar sem pagar e disse que também não pagaria sua cerveja

Marcos Tenório Publicado em 26/10/2021, às 13h39

None

Uma mulher, de 46 anos, foi presa nesta segunda-feira (25), após causar confusão, em um bar, em Cassilândia, que fica a 418 quilômetros de Campo Grande. Ela ainda teria cortado os pulsos.

A polícia foi acionada depois que a mulher ficou descontrolada no bar. Quando os agentes chegaram ao local, encontraram a autora da confusão sentada na calçada, ela estava com dois cortes no punho direito.

O dono do bar relatou em depoimento que a mulher achou que outra cliente teria saído do bar sem pagar e disse que também não pagaria sua cerveja. Ao ser questionada, ela então quebrou 12 copos e uma garrafa de vidro, em seguida pegou os cacos da garrafa que havia quebrado e cortou o próprio braço por duas vezes.

No local, os policiais tentaram estancar os ferimentos com uma toalha, mas ela retirava a toalha e dizia que não queria ser socorrida por eles.

Enquanto esperavam a ambulância, os militares passaram a ser desacatados pela mulher que os xingava. Ela ainda passou a balançar o braço para que o sangue atingisse a equipe.

Ela então acabou sendo socorrida, mas, no hospital, recusou atendimento médico e não deixou que o médico suturasse os cortes de aproximadamente 10 centímetros.

Descartado o risco de morte por esgotamento, a guarnição informou à autora que ela seria encaminhada para a delegacia de Polícia Civil, momento em que começou a desobedecer às ordens policiais e se debateu para entrar no compartimento de preso da viatura. Ela acabou sendo contida e encaminhada para a delegacia de Polícia Civil.

Jornal Midiamax