Polícia

Mulher perde R$ 1,9 mil após golpista se passar por filha e pedir depósito para procedimentos cirurgicos

Vítima não questionou o pedido e fez o depósito

Fábio Oruê Publicado em 18/09/2021, às 16h48

Caso foi registrado como estelionato na Primeira Delegacia de Polícia de Corumbá
Caso foi registrado como estelionato na Primeira Delegacia de Polícia de Corumbá - Foto: Arquivo

Uma mulher de 57 anos perdeu R$ 1,9 mil em golpe após golpista se passar pela filha dela e pedir dinheiro para fazer procedimentos cirúrgicos e comprar materiais de estética.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima recebeu uma mensagem do número do celular da filha, que pedia o valor de R$ 1.980,00 para fazer os pagamentos. Porém, sem perguntar e pensando que estava atendendo um pedido da filha, ela fez o depósito do valor.

Somente algum tempo depois, outra filha dela, entrou em contato com a irmã, que afirmou não ter pedido nada, momento em que a mãe percebeu que havia caído em um golpe. A suspeita é que o WhatsApp da filha, por onde a conversa aconteceu, tenha sido clonado.

O caso foi registrado como estelionato na Primeira Delegacia de Polícia de Corumbá. 

Jornal Midiamax