Polícia

Mulher encontrada morta com tiro na testa em córrego é esposa de policial aposentado

Vítima foi encontrada por homem que passava pelas margens da rodovia

Danielle Errobidarte e Aliny Mary Publicado em 08/10/2021, às 17h55

None
(Foto: Leonardo de França - Jornal Midiamax)

Marcia Catarina Lugo Ortiz, de 57 anos, encontrada morta com tiro na testa na tarde desta sexta-feira (8), na BR-262, é esposa de um investigador da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, aposentado em 2007. Márcia desapareceu na noite desta quinta-feira (7) ao entrar em um SUV.

O policial, que esteve no local acompanhado de outro membro da família, fez o reconhecimento. Ele não quis conversar com a imprensa, mas acompanhou as equipes da Polícia Civil e do Batalhão de Choque até a delegacia, para os procedimentos de praxe.

A vítima estava vestida, com roupas e joias — pulseiras, relógio e aliança. Conforme informações apuradas pelo Jornal Midiamax,ela tinha apenas uma entrada de tiro na testa. Ela foi possivelmente morta em outro local e o corpo foi jogado no banco de areia embaixo do córrego.

Um boletim de ocorrência, registrado na tarde desta sexta-feira, indica o desaparecimento de Marcia na noite desta quinta-feira (7), por volta das 19h, na Vila Carvalho. Conforme relato, ela teria saído da casa da mãe e uma testemunha a viu sendo seguida por um carro utilitário SUV. Ao virar a esquina, a mulher entrou no carro e, desde então, não foi mais vista.

Jornal Midiamax