Polícia

Mulher é presa no Paraguai suspeita de assassinar o próprio filho recém-nascido

O bebê chegou embrulhado em um lençol no Hospital Materno Infantil Fernando de la Mora, mas já estava sem vida e com um hematoma na cabeça

Marcos Morandi Publicado em 28/09/2021, às 06h29

Justiça paraguaia determinou buscas na casa da mãe
Justiça paraguaia determinou buscas na casa da mãe - Polícia Nacional

Uma jovem, de 18 anos, foi presa após a morte de seu bebê recém-nascido. Investigadores da Polícia Nacional suspeitam de um caso de homicídio doloso, uma vez que a criança apresentava um hematoma na cabeça. O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira (27), em Fernando de la Mora,  Zona Norte da Administração Central.

Segundo informações de um médico do Hospital Materno Infantil Fernando de la Mora, a jovem chegou ao hospital com o seu filho embrulhado num lençol. Após a inspeção médica, eles confirmaram que a criança foi internada sem sinais de vida com um hematoma na cabeça.

O comissário Rubén Bazán afirmou que o fato foi comunicado ao promotor Carlos Acuña, que convocou o médico legista Dr. Luis Salomón, e ordenou que o corpo fosse transferido para o IML do Ministério Público e que fossem feitas buscas na casa da mãe da criança.

Jornal Midiamax