Uma mulher de 48 anos procurou a delegacia de polícia da cidade de Itaquiraí a 402 quilômetros de Campo Grande, na noite desta quarta-feira (10) depois de ser espancada pelo marido ao recusar dar dinheiro para ele.

As agressões começaram por volta das 21 horas desta quarta (10), quando o homem chegou a residência pedindo para a vítima dinheiro para comprar cigarros e abastecer a motocicleta, sendo que a mulher respondeu que não iria lhe dar dinheiro e que não era obrigada.

O homem, então, passou a espanca-la com socos e pontapés e ainda pegou um lençol e passou a enforca-la. Ele ainda ameaçou matar o filho da vítima, caso ela procurasse a delegacia para denunciá-lo. O casal está junto há 2 anos. A vítima ficou com vários hematomas pelo corpo.

Denuncie!!

Existem dois números para contato: 180, que garante o anonimato de quem liga, e o 190. Importante lembrar que a Central de Atendimento à Mulher – 180 -, é um canal de atendimento telefônico, com foco no acolhimento, na orientação e no encaminhamento para os diversos serviços da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres em todo o Brasil, mas não serve para emergências.

As ligações para o número 180 podem ser feitas por telefone móvel ou fixo, particular ou público. O serviço funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive durante os finais de semana e feriados, já que a violência contra a mulher no Brasil é um problema sério no país.