Polícia

Mulher é chamada em frente de casa e ao responder nome acaba ferida com 3 tiros

Uma mulher de 38 anos foi socorrida e levada para o hospital depois de ser ferida com três tiros, em Aral Moreira a 397 quilômetros de Campo Grande por um desconhecido em uma motocicleta. O caso aconteceu na segunda-feira (15), mas só foi divulgado na terça-feira (16). O atentado aconteceu por volta das 21 horas […]

Thatiana Melo Publicado em 17/02/2021, às 07h44 - Atualizado às 09h40

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

Uma mulher de 38 anos foi socorrida e levada para o hospital depois de ser ferida com três tiros, em Aral Moreira a 397 quilômetros de Campo Grande por um desconhecido em uma motocicleta. O caso aconteceu na segunda-feira (15), mas só foi divulgado na terça-feira (16).

O atentado aconteceu por volta das 21 horas da segunda (15), quando a vítima que estava em sua casa no bairro Guarany foi até o portão depois que um motociclista havia chegado na residência e passou a chamá-la. Ele teria questionado o nome dela.

Quando a vítima respondeu seu nome foi atingida por três disparos, que atingiram a barriga, o braço direito e a pélvis. Em seguida, o homem fugiu e a mulher foi socorrida e levada para o hospital da região, mas devido ao seu estado de saúde foi transferida para o hospital de Ponta Porã.

A polícia, ela disse não saber quem seria o motociclista e nem os motivos para o atentado.

Jornal Midiamax