Polícia

Motoristas de cooperativa espancam colega, carregam caminhões e fogem de estacionamento em MS

Motorista de uma cooperativa agrícola de Antônio João, distante 402 km da Capital, foi espancado por colegas, também caminhoneiros, na manhã desta terça-feira (16). Após a agressão, os dois suspeitos fugiram do local e ainda não foram encontrados. O boletim de ocorrência foi feito pelo gerente da empresa, que disse que dois motoristas estavam discutindo […]

Danielle Errobidarte Publicado em 16/03/2021, às 14h17 - Atualizado em 17/03/2021, às 08h50

Caminhoneiros teriam deixado estacionamento em seguida (Foto: Ilustrativa | Henrique Arakaki, Arquivo Midiamax)
Caminhoneiros teriam deixado estacionamento em seguida (Foto: Ilustrativa | Henrique Arakaki, Arquivo Midiamax) - Caminhoneiros teriam deixado estacionamento em seguida (Foto: Ilustrativa | Henrique Arakaki, Arquivo Midiamax)

Motorista de uma cooperativa agrícola de Antônio João, distante 402 km da Capital, foi espancado por colegas, também caminhoneiros, na manhã desta terça-feira (16). Após a agressão, os dois suspeitos fugiram do local e ainda não foram encontrados.

O boletim de ocorrência foi feito pelo gerente da empresa, que disse que dois motoristas estavam discutindo no estacionamento, por volta das 9h. Em seguida, os dois teriam agredido violentamente outro motorista, que segundo ele, ficou caído ao solo, desacordado.

Assim que o gerente foi avisado por outros funcionários, ele chamou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que socorreu a vítima e encaminhou até o hospital da cidade.

Ainda segundo o gerente, os autores enlonaram as carretas e deixaram prontas para seguir viagem. Após agredirem a vítima, eles teriam subido nos caminhões e fugido do local, sem que alguém soubesse o destino. O caso é investigado pela DP (Delegacia de Polícia) de Antônio João.

Jornal Midiamax