Polícia

Morre professora e ex-candidata de Dourados baleada em Campo Grande

Ex-candidata a vereadora por Dourados e professora, Anderci da Silva, de 44 anos, morreu no início da noite deste domingo (21), em Campo Grande. Ela estava internada desde o dia 23 de fevereiro, após ser baleada. De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na época, Anderci foi deixada em um hospital particular da Capital […]

Fábio Oruê Publicado em 21/03/2021, às 21h24 - Atualizado em 22/03/2021, às 16h31

Anderci tinha 44 anos. (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)
Anderci tinha 44 anos. (Foto: Reprodução/ Redes Sociais) - Anderci tinha 44 anos. (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Ex-candidata a vereadora por Dourados e professora, Anderci da Silva, de 44 anos, morreu no início da noite deste domingo (21), em Campo Grande. Ela estava internada desde o dia 23 de fevereiro, após ser baleada.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na época, Anderci foi deixada em um hospital particular da Capital por uma caminhonete prata, com um ferimento na lombar, causado por arma de fogo.

Boletim médico divulgado hoje durante o dia informava que a professora estava em estado grave e que ela teve uma queda na pressão arterial, “chegando quase a zero”. A atualização, datada com a hora de 12h51, constava como paciente “com alta chance de falecer nas próximas 24h”.

A comoção dos amigos tomou contas das redes sociais após a notícia do falecimento. “É assim que vou sempre me lembrar da amiga Anderci da Silva: muher forte, guerreira, lutadora, professora, sindicalista, cutista, petista, mãe, amiga…”, escreveu uma.

“Perdi uma grande amiga, parceira de lutas e companheira de caminhada. Você nos deixou e agora fica um vazio”, postou outro.

Jornal Midiamax