Polícia

Morador é multado em R$ 5 mil por incêndio em área urbana

A Polícia Militar Ambiental executa a operação “Prolepse” de prevenção aos incêndios

Diego Alves Publicado em 21/06/2021, às 22h55

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um infrator em R$ 5 mil por incêndio em seu terreno urbano depois de denúncia de vizinhos em Corumbá, cidade a 427 quilômetros de Campo Grande.

Policiais ambientais foram acionados por vizinhos a um terreno baldio no perímetro urbano no bairro Centro América, informando que o proprietário estava ateando fogo em resíduos e vegetação no terreno, emitindo muita fumaça e que causava muitos transtornos aos vizinhos.

A PMA foi ao local e não conseguiu localizar o infrator, porém, a vegetação ainda estava queimando, no momento da chegada dos Policiais e realmente havia muita fumaça, justificando a perturbação aos vizinhos. O incendiário foi localizado hoje (21) às 15h00. Ele afirmou que pagou alguém para realizar a limpeza e a pessoa havia ateado o fogo. De qualquer forma, ele foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 5 mil.

A Polícia Militar Ambiental executa a operação “Prolepse” de prevenção aos incêndios em Mato Grosso do Sul, com foco especial na região do Pantanal e, dentro dos trabalhos, os incêndios urbanos também são preocupantes e a sua prevenção e combate é uma das metas da operação. A grande vantagem é que, apesar de o foco da operação ser a informação e prevenção, a repressão funciona também como um fator de dissuasão às infrações e a população, depois de tomar conhecimento pela imprensa da operação da PMA, tem denunciado constantemente e várias pessoas têm sido autuadas no Estado.

Jornal Midiamax