Polícia

Morador de MS é preso no PR com R$ 2 milhões em cocaína dentro de tanque de combustível

Homem disse que visitaria fábrica de chocolate e não sabia da existência da droga em carro

Dayene Paz Publicado em 19/06/2021, às 07h49

None
Imagem: Canal 38 - Divulgação

Morador de Mato Grosso do Sul foi preso nesta sexta-feira (18) na cidade de Apucarana (PR), ao ser flagrado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) com mais de 35 quilos de pasta base de cocaína que estavam escondidos no tanque de combustível de um GM Cobalt na BR-376. O flagrante foi feito em frente ao posto de fiscalização da corporação, na BR-376.

Os agentes abordaram o motorista do Cobalt e desconfiaram dele, diante do nervosismo que apresentou. O homem contou que era morador da cidade de Nova Andradina, cidade a 297 quilômetros da Capital, Campo Grande, atuando como representante comercial em uma empresa de chocolate. Para justificar a viagem disse que estava indo conhecer a fábrica da empresa em Curitiba.

A PRF desconfiou e então fez vistoria no carro, no entanto, nada foi localizado. O carro foi levado até uma oficina, onde o tanque de combustível foi desmontado e a droga acabou localizada, um total de 35,33 quilos. De acordo com o site local Canal 38, a princípio o motorista disse que não sabia da existência do entorpecente, mas depois assumiu que levaria a droga para Curitiba.

Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas. De acordo com a PRF, o entorpecente tem alto valor de mercado, cerca de R$ 25 a R$ 30 mil o quilo. Depois do refino da pasta base, 1 kg pode render até 3 kg de cocaína, o que representa um prejuízo de cerca de R$ 2 milhões aos narcotraficantes. A pena para os condenados por tráfico de drogas varia de 5 a 15 anos de prisão.

Jornal Midiamax