Morador de cidade de MS é preso com mais de 200 quilos de cocaína

Segundo o delegado da Defron, o grupo já havia encaminhado, somente neste ano, mais de doze cargas desses entorpecentes para os Estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais
| 07/12/2021
- 19:50
Carga foi apreendida na fila de abastecimento de óleo vegetal
Carga foi apreendida na fila de abastecimento de óleo vegetal - Divulgação

Um homem de 48 anos foi preso nesta terça-feira (7) com 212 quilos e 800 gramas de de cocaína. O flagrante foi feito por meio de uma ação dos agentes da (Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira).

De acordo com informações do delegado responsável pela Defron, Rodolfo Daltro, as investigações apontavam a existência de um esquema de distribuição da droga para outros estados por meio de carga de óleo vegetal.

A droga segundo o delegado estava distribuída em nove sacos e estava escondida em uma carreta Scania, modelo 113, que seria levada até a cidade de Jaguaré, interior de São Paulo pelo motorista do veículo que é residente em Itaporã, no Mato Grosso do Sul. Ele estava na fila de carregamento do óleo, que era usado para encobrir o tráfico.

“Solicitamos o apoio do Corpo de Bombeiros para cortar a lataria da carroceria do caminhão sendo encontrados vários sacos cobertos com múltiplas camadas de plástico em cujo interior havia tabletes de pasta base de cocaína”, explicou Daltro.

Ainda segundo o delegado da Defron, o grupo já havia encaminhado, somente neste ano, mais de doze cargas desses entorpecentes para os Estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais, obtendo um lucro milionário.

Aos policiais o motorista disse que ontem saiu na segunda-feira de Itaporã e rumou para Dourados, deixando a carreta em uma oficina mecânica, local onde supõe ter sido carregada a milionária carga de pasta base de cocaína.

Veja também

Madrasta segue internada em estado grave em hospital de Yby Yaú, nas proximidades de Bela Vista, no MS

Últimas notícias