Ainda segundo o delegado da , o grupo já havia encaminhado, somente neste ano, mais de doze cargas desses entorpecentes para os Estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais, obtendo um lucro milionário.

Aos policiais o motorista disse que ontem saiu na segunda-feira de Itaporã e rumou para Dourados, deixando a carreta em uma oficina mecânica, local onde supõe ter sido carregada a milionária carga de de cocaína.

Saiba Mais