Polícia

Mesmo com tornozeleira, dupla é presa ‘guardando’ mais de 44 quilos de cocaína

Bolivianos e brasileiros foram presos

Renata Portela Publicado em 16/09/2021, às 13h12

Cocaína foi apreendida na ação
Cocaína foi apreendida na ação - (Divulgação, PCMS)

Na tarde quarta-feira (15), sete pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas na região de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. Entre os detidos, estavam dois brasileiros, condenados por tráfico e monitorados com tornozeleira eletrônica.

Conforme a Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), equipe monitorava uma residência na região do Bairro Aeroporto, quando abordou um Suzuki com placas da Bolívia. O veículo entrava na casa quando foi feita abordagem e era ocupado por um brasileiro e um boliviano.

Os suspeitos confessaram que tinham atuado como batedores de um carregamento de pasta base de cocaína, que foi descarregado naquela residência. Assim, os policiais entraram na casa, onde foram apreendidos 44,95 quilos da droga, avaliada em R$ 650 mil. No local, estavam mais dois bolivianos e um brasileiro.

Os suspeitos disseram que apenas ‘guardavam’ a droga e que os proprietários eram moradores na Bolívia. Já por volta das 18 horas, policiais da Defron abordaram um Gol na região central da cidade. Dentro do veículo, os policiais encontraram um tablete de cloridrato de cocaína e um de pasta base, droga avaliada em R$ 50 mil.

Assim, foram presos os sete homens, dos quais dois brasileiros condenados. Os presos tinham idades entre 22 e 52 anos e foram encaminhados para a delegacia, onde os casos de tráfico foram registrados. 

Jornal Midiamax