A separação de um casal quase não virou tragédia na noite desta quinta-feira (7), em , no Conjunto Residencial depois que um menino de 11 anos tomou das mãos do pai um revólver durante uma briga entre o homem e a mãe da criança.

O casal estava separado há um dia, e na noite desta quinta (7) por volta das 20 horas, o autor apareceu na residência da vítima embriagado e armado. Ela contou que ele não aceitava a separação e passou a xingá-la. Os dois começaram uma discussão momento que a mulher viu na cintura do homem um revólver, com medo ela se dirigiu para a parte externa da casa.

A vítima tentou retirar a arma do . Os dois entraram em luta, mas o homem acabou fazendo um disparo para o alto para assustar os vizinhos, que começaram a sair de suas casas com o barulho da discussão. Nisso, o homem foi derrubado no chão pela mulher e o filho do casal de 11 anos acabou tomando das mãos do pai a arma.

A mulher ainda contou na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) que o ex-marido havia instalado em seu celular um aplicativo espião, onde estava tendo acesso a suas conversas no WhatsApp e Facebook.

Agentes da guarda municipal que estavam em rondas no foram até a casa, mas o homem não foi encontrado. Ele fugiu levando o carro da outra filha de 22 anos do casal.