Polícia

Membro do PCC faz furo no teto de cela e foge de presídio na Bolívia

Depois de conseguir escapar de uma das prisões mais seguras da Bolívia, em Chonchocoro, presídio de segurança máxima, localizado a 35 quilômetros da capital, La Paz, o membro do PCC (Primeiro Comando da Capital), o brasileiro Ítalo Conceição da Silva, foi recapturado neste sábado (6) pela polícia. Está sendo investigado que, Ítalo deve ter tido […]

Thatiana Melo Publicado em 07/02/2021, às 11h48 - Atualizado em 08/02/2021, às 07h55

(Foto: AFP)
(Foto: AFP) - (Foto: AFP)

Depois de conseguir escapar de uma das prisões mais seguras da Bolívia, em Chonchocoro, presídio de segurança máxima, localizado a 35 quilômetros da capital, La Paz, o membro do PCC (Primeiro Comando da Capital), o brasileiro Ítalo Conceição da Silva, foi recapturado neste sábado (6) pela polícia.

Está sendo investigado que, Ítalo deve ter tido ajuda de algum segurança para conseguir escapar. O membro da facção criminosa fugiu pelo teto da cela depois de fazer um buraco. O diretor da Segurança Penitenciária, coronel Bernardino Baldivieso, disse em entrevista coletiva que, devido às evidências, o furo no teto foi feito para enganar os investigadores, segundo o noticiado pelo site Periódico Bolívia.

Segundo a Polícia Boliviana, para fugir,  o teto de uma cela foi perfurado com um ferro, e de lá saíram pulando o muro de segurança. A fuga foi descoberta durante contagem dos presos logo nas primeiras horas de sábado (6).

O diretor ainda disse que, “Fui a Chonchocoro e não foram encontrados elementos que nos fizessem suspeitar da utilização de uma escada ou outro elemento para atravessar a vedação, uma vez que ultrapassa os 10 metros. Temos certeza de que ele recebeu ajuda de um dos seguranças a quem deu um presente”, revelou.

O segurança que supostamente teria ajudado na fuga está preso para investigação. Ítalo da Silva foi recapturado num dos alojamentos da zona de Villa Fátima. Ele tentava entrar no Brasil. Ítalo estava preso pelos crimes de homicídio e roubo.

Jornal Midiamax