Polícia

Medo e insegurança: moradores do Itamaracá reclamam da bandidagem após casal ser feito refém em roubo

Bandidos pularam muro da casa e agrediram o casal durante o assalto

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 30/04/2021, às 11h18

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Com medo por causa dos constantes roubos, no bairro Itamaracá em Campo Grande vizinhos reclamam da falta de segurança na região, assim como, a iluminação precária, que facilita aos bandidos a invasões a residências e comércios.

Uma idosa de 63 anos, que não quis se identificar, contou ao Jornal Midimax que a filha dela estava voltando para casa no dia do crime, quando viu os bandidos descendo a rua a pé, mas como estava tarde entrou rapidamente na residência.

Os bandidos pularam o muro da casa onde na frente funciona um bar, e teria sido bem agressiva com as vítimas já que queriam a senha do cartão do casal. Eles levaram uma motocicleta, um carro e vários objetos, sendo que o veículo Fiat Siena foi recuperado horas depois abandonado.

Segundo uma moradora, “a gente até sabe quem é por que moram aqui no bairro, mas o que vamos fazer?”, questionou ela, que ainda disse que até contêiner de obras estão sendo furtados no bairro.

O assalto

Três assaltantes armados invadiram a casa e amarraram o casal. A mulher contou que estava no banheiro, momento em que escutou o cachorro latindo. Ela então chamou seu marido que foi olhar na janela. Neste momento, um dos ladrões chutou a porta, e, no terceiro chute, a porta abriu.

Dois autores entraram na casa, e um deles falou para o morador virar e ir para o quarto. Lá, eles o colocaram entre o guarda-roupa e cama deitado de bruços, e o amarraram as mãos em um dos pés com uma cinta plástica.

Os ladrões colocaram a mulher sentada próximo a parede e depois a viraram também de bruços e a amarram as mãos e as pernas. Um terceiro bandido estava do lado de fora da casa dando cobertura para a ação criminosa.

Da casa, os bandidos levaram um veículo Fiat Siena 1.4 Mpi Attractive- que acabou recuperado, uma moto Honda NXR 160 Bros, celulares, dinheiro, documentos, Home Theater, TV, roupas, notebook entre outros objetos.

Jornal Midiamax