Polícia

Mãe será investigada após bebê morrer em parto inesperado no vaso sanitário em MS

Moradora em Três Lagoas, cidade que fica a 338 quilômetros de Campo Grande, será investigada pela morte da filha na manhã desta quinta-feira (18). A mulher sentiu fortes dores e teve o parto em casa, mas a bebê acabou falecendo após nascer com aproximadamente 8 meses. Segundo o registro policial, a mulher tinha conhecimento da […]

Renata Portela Publicado em 18/02/2021, às 16h03 - Atualizado em 19/02/2021, às 09h56

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Imagem ilustrativa

Moradora em Três Lagoas, cidade que fica a 338 quilômetros de Campo Grande, será investigada pela morte da filha na manhã desta quinta-feira (18). A mulher sentiu fortes dores e teve o parto em casa, mas a bebê acabou falecendo após nascer com aproximadamente 8 meses.

Segundo o registro policial, a mulher tinha conhecimento da gravidez e também do tempo de gestação, mas sentiu fortes dores abdominais nesta quinta-feira. Assim, ela foi até o vaso sanitário e a criança acabou nascendo. Ao perceber o parto, a mulher ainda tentou segurar a filha.

Segundo o site Rádio Caçula, a mãe acabou deixando a bebê cair no vaso, mas a retirou e percebeu que a filha perdia a respiração. A recém-nascida começou a ficar roxa e a mulher decidiu cortar o cordão umbilical, sem pedir socorro, e ainda pinçar o cordão. Após as ações, a mulher acionou o pai da criança.

O homem a orientou a procurar ajuda e a mulher acabou internada para cuidados médicos. A criança não resistiu e o caso foi registrado pela Polícia Militar. Não foi encontrado qualquer tipo marca de agressão no corpo da criança, mas a mulher agora é investigada.

Jornal Midiamax