Polícia

Jovem que morreu em acidente na BR-163 teria feito ultrapassagem indevida

Identificado por familiares como Vitor da Silva, o jovem de 19 anos que morreu na manhã deste sábado em acidente grave na BR-163 estaria voltando para casa. Ele sempre fazia o trajeto, já que mora na região da Chácara das Mansões e teria feito uma ultrapassagem indevida. Um amigo de Vitor, que foi ao local, […]

Renata Portela Publicado em 06/02/2021, às 09h48 - Atualizado às 09h48

Vitor conduzia o Golf quando sofreu o acidente (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)
Vitor conduzia o Golf quando sofreu o acidente (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - Vitor conduzia o Golf quando sofreu o acidente (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

Identificado por familiares como Vitor da Silva, o jovem de 19 anos que morreu na manhã deste sábado em acidente grave na BR-163 estaria voltando para casa. Ele sempre fazia o trajeto, já que mora na região da Chácara das Mansões e teria feito uma ultrapassagem indevida.

Um amigo de Vitor, que foi ao local, contou que o rapaz sempre fazia o mesmo caminho, porque morava na região do Platinão, então sempre usava a rodovia. Um familiar teria dito que o rapaz havia dado carona para uma pessoa e voltava para casa quando aconteceu o acidente.

Informações da Perícia dão conta que Vitor seguia sentido ao Platinão e a Amarok conduzida pelo homem de 38 anos seguia para Campo Grande. Em determinado momento, o rapaz tentou uma ultrapassagem em local indevido, quando ocorreu a colisão frontal.

Vitor ficou preso nas ferragens e morreu no local. Equipes da CCR MSVia foram acionadas e socorrem o condutor da Amarok, que teve ferimentos leves. O caso será registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

Jornal Midiamax