Polícia

Investigador da Homicídios preso na Operação Omertà é promovido em MS

Célio Rodrigues Monteiro foi promovido para 1ª classe; promoção deve-se ao cumprimento de decisão judicial

Renata Volpe Publicado em 24/09/2021, às 09h53

Policiais durante cumprimento de mandados na Operação Omertà
Policiais durante cumprimento de mandados na Operação Omertà - Leonardo de França, Midiamax, Arquivo

O investigador da DEH (Delegacia Especializada de Homicídios) Célio Rodrigues Monteiro, um dos alvos da terceira fase da Operação Omertà, foi promovido para a 1ª Classe do cargo de Investigador de Polícia Judiciária da Polícia Civil, conforme decreto publicado nesta sexta-feira (24).

A promoção deve-se ao cumprimento de decisão judicial e é retroativa a 1º de setembro de 2019. A publicação foi assinada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Em junho do ano passado, Célio foi um dos alvos da operação, e mandados de busca e apreensão foram cumpridos na casa dele, em Campo Grande. Além dele, outro alvo da Operação, o delegado Márcio Obara, também foi promovido para classe especial, sendo que o governo estadual cumpriu a mesma decisão.

Jornal Midiamax