Polícia

Infrator é multado em R$ 5 mil por degradação de matas ciliares de córrego

Supressão de vegetação de área protegida por lei

Diego Alves Publicado em 14/06/2021, às 21h55

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bonito autuouum infrator em R$ 5 mil por degradação de matas ciliares de córrego e ainda manter gado acessando às áreas protegidas e construir curral no local.

De acordo com a polícia, durante fiscalização em um sítio no município, localizado a 20 km da cidade, Policiais Militares Ambientais de Bonito localizaram ontem (13) a supressão de vegetação de área protegida por lei como de Preservação Permanente (APP). O proprietário do sítio derrubou 1.800 metros quadrados de mata ciliar do rio Barranco para utilização da área para forrageamento e um curral para o gado.

Segundo o funcionário, o sitiante havia ordenado a abertura da porteira para que o gado pastasse nas áreas de proteção, bem como fez a utilização da área, onde construiu um curral. O Infrator de 50anos, residente em Bonito, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 5 mil. Ele também responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP), cuja pena é de um a três anos de detenção. O autuado também foi notificado a retirar o gado da área e a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA), junto ao órgão ambiental.

Jornal Midiamax