Polícia

Idoso morre na Santa Casa 5 dias após ser agredido com pedrada pelo atual da ex-mulher

Ele teria descumprido medida protetiva

Renata Portela e Danielle Errobidarte Publicado em 29/11/2021, às 16h56

Vítima ficou internada na Santa Casa
Vítima ficou internada na Santa Casa - (Divulgação)

Ovídio Batista Soares, de 66 anos, morreu na tarde de domingo (28), após passar cinco dias internado vítima de pedrada na cabeça. Ele teria sido agredido pelo atual companheiro da ex-mulher na última terça (23), em Miranda, cidade que fica a 203 quilômetros de Campo Grande.

Conforme as informações da polícia, o idoso permaneceu internado e faleceu na Santa Casa de Campo Grande. No dia do crime, Ovídio foi até a delegacia com lesões e muito sangramento na cabeça, alegando eu tinha sido agredido pelo atual marido da ex.

Policiais militares ainda fizeram rondas, mas não encontraram o suposto autor, de 30 anos. Ovídio então foi levado pelos policiais até o hospital e os militares conseguiram localizar o suspeito, que foi encaminhado para a delegacia.

Na unidade, ele esclareceu que teria sido ameaçado pelo idoso, dizendo que mataria o casal e gastaria até R$ 100 mil para isso. A mulher também procurou a delegacia e relatou que o ex teria descumprido medida protetiva contra ela.

O caso é tratado como homicídio simples e também foi registrado o descumprimento da medida.

Jornal Midiamax