Polícia

Idosa de 75 anos é sequestrada durante golpe do bilhete premiado em Campo Grande

Ela foi obrigada a sacar dinheiro para os bandidos

Renata Portela Publicado em 15/06/2021, às 12h42

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Nesta terça-feira (15), idosa de 75 anos procurou a delegacia para registrar caso de tentativa de estelionato e sequestro que sofreu na última semana, no Coronel Antonino. Ela teve que sacar R$ 10 mil para os suspeitos e foi deixada em casa com sinais de que teria sido dopada.

Conforme o relato da vítima, ela estava na Avenida Coronel Antonino, perto de uma farmácia, quando um senhor de idade se aproximou perguntando onde ficava determinado endereço. Ele disse que tinha um bilhete que estaria premiado. Logo em seguida um outro homem se aproximou.

Durante a conversa, o homem pegou o bilhete e simulou ter ido até uma lotérica, voltando em seguida e dizendo que o bilhete realmente estava premiado em R$ 7 milhões. O senhor então ofereceu 10% para a vítima e o outro homem caso eles o ajudassem, mas a idosa se negou, quando foi obrigada pelos suspeitos a entrar em um carro branco.

A mulher foi levada a dois bancos, a força, e depois deixada em casa com tontura e zonza, acreditando que possa ter sido dopada. Segundo o relato da idosa, ela não se lembra exatamente por onde passou, mas sacou R$ 10 mil em uma agência e depois foi até a Casa de Câmbio onde comprou 3 mil dólares.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro como estelionato na forma tentada e sequestro relâmpago.

Jornal Midiamax