Polícia

Homem é sequestrado e mantido em cárcere privado por dois dias em cidade de MS

Autor queria que ele fosse até delegacia prestar depoimento

Renata Portela Publicado em 28/11/2021, às 09h13

Caso foi registrado na delegacia do município
Caso foi registrado na delegacia do município - (Divulgação)

No sábado (27), homem de 37 anos procurou a polícia após conseguir fugir de uma casa onde era mantido em cárcere privado, em Brasilândia, a 382 quilômetros de Campo Grande. O autor do sequestro dizia que ele ficaria em cárcere até segunda-feira (29), para prestar depoimento na delegacia contra algumas pessoas.

Segundo o registro policial, o homem foi abordado pelo autor, armado, na manhã de quinta-feira (25) e levado até a casa do suspeito, onde foi mantido em cárcere privado. O autor dizia que o homem ficaria até segunda, quando seria levado para a delegacia para prestar depoimento contra outros suspeitos, que teriam agredido a vítima em data anterior.

A princípio, as agressões aconteceram por causa do furto de R$ 30 mil da residência de um casal, que estaria em busca dos autores. Por volta do meio-dia de sábado, a vítima conseguiu fugir da casa onde era mantida em cárcere e pediu ajuda a vizinhos, sendo levada para a delegacia.

No mesmo dia, equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais) foi até a casa do suspeito, que ameaçou sacar a arma de fogo que levava na cintura. Foram feitos disparos pelos policiais e o homem fugiu correndo para um matagal. Na propriedade foi encontrada uma espingarda e munições, que foram apreendidas.

O caso de sequestro e cárcere privado segue em investigação.

Jornal Midiamax