Polícia

Homem é autuado por manter pássaros silvestres ilegalmente em cativeiro

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou homem de 49 anos em R$ 4,5 mil por manter pássaros silvestres ilegalmente em cativeiro em Três Lagoas, cidade a 325 quilômetros de Campo Grande. Policiais receberam denúncias de que um homem estaria mantendo aves silvestres ilegalmente em cativeiro em uma residência, localizada no bairro Jardim Novo Aeroporto, na […]

Diego Alves Publicado em 04/02/2021, às 20h06 - Atualizado às 20h13

Divulgação PMA
Divulgação PMA - Divulgação PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou homem de 49 anos em R$ 4,5 mil por manter pássaros silvestres ilegalmente em cativeiro em Três Lagoas, cidade a 325 quilômetros de Campo Grande.

Policiais receberam denúncias de que um homem estaria mantendo aves silvestres ilegalmente em cativeiro em uma residência, localizada no bairro Jardim Novo Aeroporto, na cidade. Uma equipe foi ao local e localizou aves silvestres sendo criadas ilegalmente em cativeiro em gaiolas, conforme a denúncia. Os animais pertenciam a um homem que morava em um alojamento no local.

Foram apreendidos nove espécimes, sendo três canários-da-terra (Sicalis flaveola brasilienses) e seis coleirinhos (Sporophila caerulescens), além de nove gaiolas. O infrator de 49 anos que assumiu não ter autorização para criar as aves, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil e responderá por crime ambiental.

Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 4,5 mil. Os pássaros serão encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, na Capital.

Jornal Midiamax