Polícia

Homem de 49 anos foi preso com munições durante operação contra estupradores

Ele acabou detido em flagrante

Renata Portela Publicado em 18/05/2021, às 16h23

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Na manhã desta terça-feira (18), durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma residência na Rua Evelina Selingardi, no Parque do Lageado, o morador de 49 anos foi preso em flagrante. A prisão aconteceu durante a Operação Araceli, contra crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes em Campo Grande.

Conforme informações da Polícia Civil, foram encontradas 11 munições na residência do suspeito, sendo 8 calibre .635, duas calibre .40 e mais uma calibre .38. Ele acabou detido em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso permitido e foi encaminhado para a delegacia.

Operação Araceli

Durante a força-tarefa feita nesta terça-feira, contra abuso de crianças e adolescentes, foram presas 20 pessosa, entre elas o ex-vereador no bairro Aero Rancho e uma mulher de 53 anos, no Santa Emília. A filha da detida era vítima, mas não foram repassados detalhes sobre o crime.

Foram cumpridos 27 mandados de busca e apreensão e um preso em flagrante por posse de munição. Os alvos estavam nos bairros Canguru, Centenário, Aero Rancho, São Conrado, Santa Emília, Noroeste, Tarumã, Inápolis e Zé Pereira. Um assessor parlamentar também acabou preso, mas o nome não foi revelado.

Na última semana foram presas cerca de 10 pessoas também investigadas na operação. Segundo o promotor Marcos Alex, os presos da operação são pessoas já condenadas pelos crimes contra criança e adolescente, na maior parte de violência sexual. O objetivo é fazer com que comecem a cumprir as penas já impostas a eles. “São condenados por sentença definitiva”, disse.

Araceli Crespo

A data foi determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 08 anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. O Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes incentiva que em todo o Brasil sejam realizadas ações que visem alertar toda a sociedade sobre a necessidade da prevenção à violência sexual.

Jornal Midiamax