Polícia

Homem ameaça arrancar cabeça da mulher, a persegue até delegacia e vai preso

Homem de 40 anos foi preso pela Polícia Civil de Brasilândia, a 382 quilômetros de Campo Grande, depois de perseguir a esposa até a delegacia e ficar rondando a unidade, à espera da saída da vítima, que estava no local para denunciá-lo por violência doméstica. Ele responde por ameaça e vias de fato.  Conforme nota, […]

Renan Nucci Publicado em 02/02/2021, às 15h30

Caso é investigado pela DP de Brasilândia. Foto: Arquivo
Caso é investigado pela DP de Brasilândia. Foto: Arquivo - Caso é investigado pela DP de Brasilândia. Foto: Arquivo

Homem de 40 anos foi preso pela Polícia Civil de Brasilândia, a 382 quilômetros de Campo Grande, depois de perseguir a esposa até a delegacia e ficar rondando a unidade, à espera da saída da vítima, que estava no local para denunciá-lo por violência doméstica. Ele responde por ameaça e vias de fato.

Conforme nota, a vítima foi à DP para registrar boletim de ocorrência, alegando ter sofrido agressões físicas e psicológicas durante a madrugada de segunda-feira (01). Na ocasião, depois de bater nela, o marido disse que caso ela o denunciasse, arrancaria a cabeça dela. Mesmo assim, ela procurou ajuda.

Enquanto o atendimento era feito, um investigador percebeu a presença do suspeito rondando o local. Juntamente com o delegado, a equipe conseguiu localizá-lo e prendê-lo. Não foi arbitrada fiança em razão da presença dos pressupostos para manutenção da prisão preventiva. O autor encontra-se recolhido.

Jornal Midiamax