Polícia

Homem acusado de matar empresário paraguaio é preso na fronteira de MS

Crime aconteceu em fevereiro deste ano na cidade de Minga Guazú

Marcos Morandi Publicado em 08/09/2021, às 09h01

Acusado foi preso em Capitan Bado, na fronteira com Coronel Sapucaia
Acusado foi preso em Capitan Bado, na fronteira com Coronel Sapucaia - Reprodução

A Polícia Nacional do Paraguai prendeu, na madrugada desta quarta-feira (8), em Capitan Bado, na fronteira com Coronel Sapucaia, no Mato Grosso do Sul, um homem de 27 anos. Ele é acusado pela morte do empresário Juan Bautista Zapattini, ocorrido em fevereiro deste ano na cidade de Minga Guazú, Departamento de Alto Paraná. 

De acordo com informações policiais, os agentes detiveram o acusado por volta das 4h30 desta quarta-feira, em uma área arborizada, do estabelecimento rural Agro Ganadera Trabuco. Ele foi identificado como Feliciano González, que tinha um mandado de prisão por homicídio doloso.

O empresário Juan Bautista Zapattini Riquelme, 64 anos, foi encontrado morto com golpes de faca na zona rural de Miga Guazu. O corpo foi encontrado no quilômetro 25, zona rural, a aproximadamente 6.000 metros da rota internacional PY02.

Jornal Midiamax