Polícia

Grávida espancada pelo atual do ex-companheiro recebe alta

Apesar de receber acompanhamento por risco na gestação, ela não sofreu aborto

Danielle Errobidarte Publicado em 05/10/2021, às 16h20

None
(Foto: Ilustrativa)

A jovem de 26 anos, grávida de seis meses, que foi espancada pela atual de seu ex-companheiro no Jardim Canduru no domingo (3), recebeu alta nesta segunda-feira (4). Ela estava internada na Santa Casa e recebeu acompanhamento da equipe médica pois corria risco de perder o bebê.

A grávida recebeu alta por volta das 13h15 e o hospital confirmou que não houve interrupção da gestação. Segundo a Assessoria de Imprensa, "mãe e bebê estão super bem". Ela deu entrada na unidade com sangramento ativo, realizou exame de imagem e estava aos cuidados da equipe de vigilância obstétrica e assistência à gestante na maternidade.

O caso

Segundo o registro da ocorrência, as agressões ocorreram por volta das 14 horas da rua Catigua, quando a jovem foi agredida com vários tapas no rosto e derrubada no chão. Ela teve um forte sangramento e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para a Santa Casa.

Testemunhas contaram que a autora e o ex-marido da jovem são moradores da ‘Favelinha do Canguru’. Não há informações se a autora foi localizada.

Jornal Midiamax