Polícia

Golpistas clonam WhatsApp de funcionário e convencem patrão a depositar R$ 45 mil

Empresário de 63 anos, morador no estado de São Paulo foi enganado por golpistas e convencido a depositar R$ 45 mil imaginando que estaria enviando o dinheiro a um funcionário que reside em Inocência, a 329 quilômetros de Campo Grande. Na verdade, o funcionário teve o WhatsApp clonado, meio pelo qual os criminosos conseguiram falar […]

Renan Nucci Publicado em 20/01/2021, às 16h19

None

Empresário de 63 anos, morador no estado de São Paulo foi enganado por golpistas e convencido a depositar R$ 45 mil imaginando que estaria enviando o dinheiro a um funcionário que reside em Inocência, a 329 quilômetros de Campo Grande. Na verdade, o funcionário teve o WhatsApp clonado, meio pelo qual os criminosos conseguiram falar com o patrão dele.

O trabalhador contou à Polícia Civil que na segunda-feira (18) recebeu uma mensagem pelo celular, a respeito de uma suposta atualização do aplicativo de mensagens. Ele clicou no link recebido, seguiu as orientações e logo em seguida perdeu acesso ao aplicativo. Já na terça-feira (19), a vítima recebeu uma ligação do patrão, confirmando a transferência.

O rapaz explicou a ele que não havia feito pedido algum e que outras pessoas, se passando por ele, teriam requisitado o valor, tendo em vista que o WhatsApp tinha sido clonado. Ao todo, haviam sido repassados R$ 3,5 mil em dinheiro e um cheque de R$ 42 mil, ambos via depósito bancário. Diante dos fatos, o caso foi denunciado e o patrão acionou o banco para sustar o cheque.

Jornal Midiamax