Polícia

Goiano é preso pela segunda vez em MS com agrotóxico contrabandeado

Goiano foi preso pela segunda vez em Mato Grosso do Sul ao ser flagrado com agrotóxicos contrabandeados. Desta vez, foi detido pela Polícia Militar na BR-163, em Eldorado, a 440 quilômetros de Campo Grande, com 160 quilos da mercadoria. A PMA (Polícia Militar Ambiental) o autuou em R$ 19,2 mil por crime ambiental. Conforme apurado, […]

Renan Nucci Publicado em 25/01/2021, às 13h28

Material apreendido pela PM. Foto: Divulgação
Material apreendido pela PM. Foto: Divulgação - Material apreendido pela PM. Foto: Divulgação

Goiano foi preso pela segunda vez em Mato Grosso do Sul ao ser flagrado com agrotóxicos contrabandeados. Desta vez, foi detido pela Polícia Militar na BR-163, em Eldorado, a 440 quilômetros de Campo Grande, com 160 quilos da mercadoria. A PMA (Polícia Militar Ambiental) o autuou em R$ 19,2 mil por crime ambiental.

Conforme apurado, ele havia sido preso no último dia 21, em um automóvel Fiat Linea, com o porta-malas recheado de agrotóxicos. Ele afirmou, na ocasião, que havia recebido a mercadoria em Sete Quedas, para levar a Naviraí. Por este motivo, a PMA foi acionada e confeccionou o auto de infração administrativa.

O Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) efetuará o julgamento da multa, depois da defesa do autuado. Além do crime de contrabando, o infrator também responderá por crime ambiental de transportar substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde ou ao meio ambiente, em desacordo com a lei vigente.

No dia 30 de março do ano passado, o mesmo indivíduo tinha sido autuado pela Polícia Militar Ambiental de Naviraí em um veículo Saveiro com 150 quilos de agrotóxicos contrabandeados. Na época ele foi autuado em R$ 17 mil. Aparentemente este tipo de contrabando é o ‘trabalho’ do criminoso.

Jornal Midiamax