Polícia

Gerente de fazenda é preso após vender mais de R$ 100 mil em gado furtado de patrão

Com dinheiro comprou carros e móveis para a casa

Thatiana Melo Publicado em 12/05/2021, às 09h45

None
(Ilustrativa)

Foi preso um gerente de fazenda nesta terça-feira (11), por policiais do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros), que furtou e vendeu gado do proprietário de uma fazenda em Anhandui. Foram negociados cerca de 32 animais.

A descoberta veio depois que o gerente tentou vender 3 bezerros pelo valor de R$ 9.600, mas o comprador desconfiado do capataz entrou em contato com o dono da fazenda, que negou ter autorizado qualquer negociação. Uma armadilha foi arquitetada pelo dono da propriedade rural, assim, conseguiria provas de que seu funcionário o estaria furtando.

A polícia foi chamada para a fazenda que prendeu o gerente. O autor confessou os crimes e disse que há 1 ano negociava o gado do patrão sem que ele soubesse, sendo que chegou a vender um lote de 40 reses pelo valor de R$ 100 mil, em outra negociação vendeu 20 cabeças de gado pelo preço de R$ 33 mil. Os animais sempre eram vendidos abaixo do valor de mercado e sem notas.

Uma das últimas negociações que tentou fazer, ele estava vendendo cerca de três bezerros pelo valor de R$ 9.600. Com o dinheiro, o gerente da fazenda comprou um Onix, uma camionete L-200, além de mobiliar toda s casa com móveis caros. Ele foi preso e levado para a delegacia.

Jornal Midiamax