Polícia

Galinha acaba 'espetada' em portão e briga de vizinhas vira caso de polícia em Campo Grande

Cachorro teria invadido quintal e atacado galinha da moradora

Thatiana Melo e Dayene Paz Publicado em 05/05/2021, às 09h41

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Uma briga de vizinhas moradoras da região do bairro Piratininga, em Campo Grande, na manhã desta quarta-feira (5) acabou com uma galinha espetada no portão de uma autônoma de 48 anos. O cachorro da mulher teria invadido o quintal da residência da vizinha e atacado a galinha.

A autônoma contou ao Jornal Midiamax que a autora tem em seu quintal uma árvore que acabou rachando o muro, que separa as duas residências, por causa da raiz que causou um buraco. Para que seus cachorros, um total de seis, não invadissem o quintal da casa vizinha, ela disse que colocou tijolos e madeiras.

Mas, nesta manhã de quarta (5) foi surpreendida pela mulher aos berros na frente de sua casa afirmando que o cachorro dela havia invadido o seu quintal e atacado uma de suas galinhas, e que ela teria de pagar pelo animal. Em seguida, a autora ‘espetou’ a galinha ainda agonizando no portão da vítima.

 “Não precisava fazer isso, era só ela vir falar comigo que eu pagava pela galinha. Minha filha ficou horrorizada”, contou a autônoma. A mãe da vítima, uma idosa de 72 anos, também ficou horrorizada com a situação. A Polícia Militar foi chamada para o local e orientou que a mulher procurasse uma delegacia.

Jornal Midiamax