Polícia

Força-tarefa busca suspeito de executar vereador há 12 horas; ninguém foi preso até o momento

Policiais de municípios vizinhos chegaram durante a madrugada para iniciarem as buscas

Graziela Rezende Publicado em 30/12/2021, às 17h14

None
Hugo era vereador em Paranhos - (Reprodução, Redes Sociais)

A força-tarefa, com policiais de Sete Quedas e municípios vizinhos, criada para identificar suspeitos de executarem o vereador de Paranhos, Hugo Leonardo da Silva Gonçalves (MDB), já se estende por 12 horas. Até o momento, segundo um dos policiais que atuam nas buscas, não houve prisões.

O delegado titular do município, José Wilson Ferreira da Silva, é quem coordena as ações. 

Entenda o caso

Hugo foi encontrado morto na quarta-feira (29), na região de Sete Quedas, a 459 quilômetros de Campo Grande. 

A princípio, a informação era de que o corpo teria sido desovado em uma plantação de soja. No entanto, conforme a polícia, o corpo de Hugo estava perto de um veículo, que tinha capotado. 

A suspeita é de que ele tenha sido perseguido enquanto dirigia. Ele então teria capotado o carro, e depois foi executado.

Jornal Midiamax