Polícia

Fazendeiro é multado em R$ 35 mil por deixar 370 gados sem alimento em MS

Quatro animais morreram de fome

Dayene Paz Publicado em 31/07/2021, às 11h22

None
Imagem: Divulgação

Fazendeiro de 53 anos foi multado em R$ 35 mil por deixar 370 cabeças de gado sem alimento em uma propriedade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. A PMA (Polícia Militar Ambiental) verificou que 70 animais estavam extremamente debilitados e quatro morreram.

A PMA de Cassilândia recebeu denúncia e então foi ao local nesta sexta-feira (30). Foi verificado que a pastagem estava totalmente degradada, em grande parte apresentando somente a terra nua sem grama e o gado praticamente não conseguia mais retirar alimento.

Entre as 370 cabeças de gado, entre vacas, novilhas e bezerros, 70 estavam extremamente debilitados e quatro estavam mortos pela desnutrição. A PMA verificou que o funcionário chegou a colocar feno para o gado, mas em quantidade muito inferior ao necessário, que não daria nem para um dia inteiro. Além disso, os animais tinham acesso a áreas protegidas de matas ciliares e veredas (Áreas de Preservação Permanente – APP) e o pisoteio estava prejudicando os locais.

A equipe conseguiu contato com o proprietário que prometeu levar até este domingo (1º) alimento ao gado. O fazendeiro foi notificado a remover o gado das áreas protegidas por Lei, foi autuado administrativamente e multado em R$ 35 mil por maus tratos aos animais. Ele também responderá por crime ambiental de maus tratos, com pena de três meses a um ano de detenção.

Jornal Midiamax