Polícia

Fazendeiro é encontrado morto com tiro no ouvido e polícia investiga homicídio

Há suspeita de tentativa de furto na propriedade

Renata Portela Publicado em 09/09/2021, às 13h11

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Na manhã desta quinta-feira (9), Carlos Kazuaki Miyamoto, de 51 anos, foi encontrado morto a tiro na fazenda, em Cassilândia, a 430 quilômetros de Campo Grande. Vítima de homicídio, Carlos já havia denunciado caso de tentativa de furto na propriedade rural.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para ir até a fazenda, onde identificou sinais de arrombamento no cadeado da porteira. A camionete da vítima estava estacionada perto do curral, com um galão de combustível e mangueiras no bocal, como se fosse ser retirado o combustível.

A aproximadamente 80 metros estava o corpo da vítima, com uma das mãos embaixo do corpo, com um cordão branco no punho, como se tivesse sido amarrado. A outra mão estava em cima do corpo de Carlos, que tinha um ferimento de arma de fogo no ouvido e um ferimento no abdômen.

Também segundo a polícia, a sede da fazenda estava toda revirada, mas a princípio nada foi furtado. Já no curral, havia sinais de arrombamento no depósito, onde fica o resfriador de leite, e a ordenha estava com as mangueiras cortadas, fora do local habitual, pronta para ser levada. Testemunhas confirmaram que nada foi levado da propriedade.

Detalhe informado pela polícia é que na quarta-feira (8) o fazendeiro procurou a delegacia para ter informações sobre um boletim de ocorrência que registrou, sobre uma tentativa de furto. Ele ainda chegou a dizer que naquela manhã percebeu rastros de motocicleta perto da entrada da fazenda.

O caso é tratado como homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido.

Jornal Midiamax