Polícia

Encontrada carbonizada em canavial estava desaparecida há dois dias

A vítima tinha afundamento de crânio devido a uma pancada com um macaco de carro

Thatiana Melo Publicado em 20/04/2021, às 09h20

None
(Foto: Rones Cézar/ Alvorada Informa)

Foi identificada a mulher encontrada carbonizada em meio a um canavial, às margens da BR-163 em Nova Alvorada do Sul, a 120 quilômetros de Campo Grande, como Aliana Dias dos Santos de 41 anos. Ela estava envolvida em um tapete e estava com as roupas íntimas abaixadas no joelho.

Ela estava desaparecida desde o último sábado (17) às 19 horas. O filho de Aliana fez o reconhecimento do corpo, segundo o site Alvorada Informa. A suspeita de que ela tenha sido estuprada, o que será investigado pela polícia. Ainda segundo informações, um macaco hidráulico foi localizado ao lado do corpo, o que teria sido usado para desferir uma pancada na cabeça.

A vítima estava com afundamento de crânio. Um carro foi visto na região momentos antes do fogo se espalhar no canavial e o corpo da mulher ser encontrado por funcionários de uma empresa sucroalcooleira. A suspeita é de que a vítima tenha sido assassinada em outro local e o corpo desovado no canavial.

Jornal Midiamax