Polícia

Empresária é flagrada por delegado tentando aplicar golpe em banco com documento falso em Campo Grande

Empresária disse ter sido contratada e ficaria com 20% do valor que conseguisse

Dayene Paz Publicado em 03/05/2021, às 11h49

None
Delegado Zalla afirmou que prossegue com a investigação | Imagem: Henrique Arakaki

Uma empresária de 56 anos foi presa em flagrante por policiais da 2ª Delegacia de Polícia Civil tentando aplicar golpe no Banco do Brasil, em Campo Grande, utilizando documentos falsos. Ela relata ter sido contratada por um homem identificado apenas como "Diniz". O caso aconteceu na última quinta-feira (03) e segue em investigação.

O delegado Enilton Zalla explicou que os policiais foram acionados pelo banco que desconfiou da documentação apresentada pela empresária. "Na hora que perceberam que o documento era falso, já acionaram a polícia", explicou. Ao chegar no local, a mulher foi levada para uma sala reservada, onde foi ouvida.

Para a polícia, a empresária afirmou que foi contratada por um conhecido, vulgo "Diniz", para que abrisse uma conta no banco e fizesse empréstimo, com a promessa de que ficaria com 20% do valor, que não foi revelado. "Ela disse que estava precisando pagar conta e então aceitou a proposta desse homem".

Diniz foi o encarregado por intermediar ou até "fabricar" o documento falso e teria então levado uma pasta com os documentos necessários para abertura da conta até a empresária. A Polícia Civil agora trabalha para identificar esse suposto contratante.

Jornal Midiamax