Polícia

Em MS, idosa vai para hospital após carretéis serem introduzidos em genital e polícia investiga

A Polícia Civil da cidade de Rio Verde a 194 quilômetros de Campo Grande, investiga caso de possível maus-tratos contra uma idosa, moradora de um asilo na cidade. Carretéis de linha e palitos foram encontrados dentro do órgão genital da vítima. Segundo o delegado que cuida do caso, Gabriel Cardoso, o fato está sendo investigado […]

Thatiana Melo Publicado em 08/02/2021, às 11h04 - Atualizado em 09/02/2021, às 08h21

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

A Polícia Civil da cidade de Rio Verde a 194 quilômetros de Campo Grande, investiga caso de possível maus-tratos contra uma idosa, moradora de um asilo na cidade. Carretéis de linha e palitos foram encontrados dentro do órgão genital da vítima.

Segundo o delegado que cuida do caso, Gabriel Cardoso, o fato está sendo investigado há uma semana e os cuidadores do asilo já teriam sido ouvidos, mas detalhes do depoimento não foram revelados pelo delegado, que disse que em um primeiro momento não foi identificado maus-tratos dentro do asilo.

Ele ainda disse que a descoberta dos objetos se deu há uma semana, quando a idosa foi levada para um hospital da cidade e os médicos perceberam que ela tinha objetos introduzidos no órgão genital. “Os médicos do hospital ainda serão ouvidos”, disse Cardoso.

Ainda segundo o delegado, a idosa tem histórico de problemas mentais e também será investigado se ela mesma não poderia ter introduzido os objetos em seu corpo. Os objetos passarão por perícia e o delegado afirmou que irá traçar o lapso temporal para saber em que momento estes objetos teriam sido introduzidos na idosa, e poder identificar a autoria do crime.

Jornal Midiamax