Polícia

Em menos de uma semana, ‘irmãos’ do PCC já movimentavam tráfico em cidade de MS

Eles haviam se mudado para o município na sexta-feira

Renata Portela Publicado em 14/04/2021, às 16h14

Equipes durante cumprimento do mandado e prisões
Equipes durante cumprimento do mandado e prisões - (Divulgação, PCMS)

Os dois rapazes de 19 e 26 anos, presos em flagrante na manhã desta quarta-feira (14) em Ribas do Rio Pardo, cidade a 95 quilômetros de Campo Grande, já estavam movimentando o tráfico de drogas no município. Eles eram moradores em Sidrolândia e se mudaram após o mais novo cometer um roubo e fugir para não ser preso.

Segundo apurado pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) de Ribas do Rio Pardo, os ‘irmãos do PCC’ (Primeiro Comando da Capital) estavam agindo a mando de um detento conhecido como Maresia. Também com passagens em Ribas do Rio Pardo e outros municípios do Estado por tráfico de drogas, roubo e furto, ele cumpre pena no Presídio de Segurança Máxima em Campo Grande.

Assim, após o rapaz de 19 anos se tornar foragido pelo roubo em Sidrolândia, os colegas se mudaram para Ribas na última sexta-feira (9). Eles revelaram em interrogatório que levaram a cocaína de Sidrolândia para Ribas e passaram a comercializar em poucos dias, lucrando com o tráfico.

Na casa em que a dupla foi encontrada pelas equipes policiais, foram apreendidos 40 papelotes de pasta-base de cocaína, além de R$ 822 que seriam provenientes da venda da droga. Também foram encontradas balança de precisão e todo aparato para preparo e comercialização do entorpecente.

A dupla assumiu a propriedade da droga e confessou o tráfico. O rapaz de 26 anos revelou também que sabia que o colega estava foragido pelo roubo em Sidrolândia. Contra o rapaz mais novo, foi cumprido também o mandado de prisão, além da detenção em flagrante. Os dois devem passar por audiência de custódia e foi recomendada a conversão para prisão preventiva, para garantia da ordem pública e pela natureza do crime.

Jornal Midiamax