Polícia

Em Dourados 160 pessoas foram parar na delegacia por descumprir medidas sanitárias

Balanço feito pela GMD (Guarda Municipal de Dourados) mostra que somente durante a operação “Carnaval sem Covid19″, 160 pessoas foram parar na delegacia por descumprimento às medidas sanitárias que estão em vigor na cidade em decorrência da pandemia do Coronavírus. Além das prisões, outros 522 procedimentos foram realizados durante do carnaval, entre eles: rondas patrimoniais […]

Marcos Morandi Publicado em 22/02/2021, às 09h10

Jovens presos durante o Carnaval em Dourados.(Foto: Divulgação)
Jovens presos durante o Carnaval em Dourados.(Foto: Divulgação) - Jovens presos durante o Carnaval em Dourados.(Foto: Divulgação)

Balanço feito pela GMD (Guarda Municipal de Dourados) mostra que somente durante a operação “Carnaval sem Covid19″, 160 pessoas foram parar na delegacia por descumprimento às medidas sanitárias que estão em vigor na cidade em decorrência da pandemia do Coronavírus.

Além das prisões, outros 522 procedimentos foram realizados durante do carnaval, entre eles: rondas patrimoniais (284), boletins de atendimento (135), boletins de ocorrência (41), ação da Guarda Municipal Ambiental (59), atendimento a demandas de secretarias (15) e apoio a outras forças policiais (5).

O destaque das ações preventivas foi a “Operação Carnaval sem COVID19” com o foco de não permitir as aglomerações, principalmente, com a realização de festas clandestinas. A ação foi encabeçada pela Guarda Municipal com a criação de uma força tarefa, Guarda Municipal, Polícia Militar (3º BPM e 9ª CIA), Polícia Civil, Agetran, Conselho Tutelar e Fiscais da Infância e Juventude com a participação de aproximadamente de 50 agentes em 14 viaturas.

Foram 40 atendimentos relacionados à prevenção, fiscalização e controle da propagação da COVID-19; 27 boletins de atendimentos; 13 boletins de ocorrências. Cerca de 160 pessoas foram encaminhadas a Delegacia de Polícia Civil por descumprirem as normas impostas com prevenção a pandemia da COVID-19.

Segundo a comandante da Guarda, Graziele Cespedes de Souza Nascimento, todos os dias foram realizadas fiscalizações nos estabelecimentos comerciais. Ela também explica que mesmo com o término da operação, a fiscalização continua. “Quem descumprir as regras estará sujeito as penalidades por infrações sanitárias”, explica.

A fiscalização realizada no carnaval também resultou na captura de 10 foragidos da justiça, na prisão de 6 agressores por violência doméstica ou por descumprir medidas protetivas, e também da condução de 4 condutores embriagados e na recuperação de 3 veículos furtados.

Jornal Midiamax