Polícia

Durante atendimento, paciente quebra posto de saúde e agride funcionários em MS

Homem estava embriagado e chamou enfermeira de “desgraça branca”

Danielle Errobidarte Publicado em 01/06/2021, às 16h31

None
(Foto: Ilustrativa)

Enquanto aguardava atendimento na UBS (Unidade Básica de Saúde) do CSU (Centro Social Urbano) Água Boa, em Dourados, cidade a 225 km da Capital, paciente de 41 anos quebrou a porta de acesso com socos e chutes, além de xingar funcionários.

Segundo registro policial, a Guarda Civil Metropolitana foi acionada e constatou que o homem estava em visível estado de embriaguez, com odor etílico, olhos avermelhados e fala enrolada. Funcionários afirmaram que o paciente procurou atendimento alegando estar com um corte na mão esquerda, e foi-lhe dito que precisava aguardar até ser chamado pela equipe médica.

Uma das enfermeiras, 30 anos, alegou que o homem não gostou que havia outros pacientes na sua frente, e teria a chamado de “desgraça branca (sic)”. Em seguida, teria chutado e dado socos nas portas de acesso, nas vidraças e num balaio que era utilizado para arrecadar doações de alimentos.

Segundo a guarnição, assim que os policiais chegaram, o homem teria começado a bater sua cabeça contra a parede e forças as algemas dizendo que a equipe teria o agredido. Ele também teve ferimentos nas mãos devido aos socos dados nas vidraças. O homem foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Jornal Midiamax