Polícia

Dois são presos em flagrante e um ainda é procurado por homicídio em frente a bar

Os três autores do assassinato de um homem identificado apenas como Álvaro, de 28 anos, conhecido como ‘Alemão’, em frente a um bar na madrugada desta terça-feira (16) já foram identificados pela Polícia Civil de Jardim, distante 239 km da Capital. Dois deles foram presos na tarde de hoje, e o terceiro continua sendo procurado. […]

Danielle Errobidarte Publicado em 16/03/2021, às 17h52 - Atualizado às 18h03

Imagem ilustrativa | Arquivo, Midiamax
Imagem ilustrativa | Arquivo, Midiamax - Imagem ilustrativa | Arquivo, Midiamax

Os três autores do assassinato de um homem identificado apenas como Álvaro, de 28 anos, conhecido como ‘Alemão’, em frente a um bar na madrugada desta terça-feira (16) já foram identificados pela Polícia Civil de Jardim, distante 239 km da Capital. Dois deles foram presos na tarde de hoje, e o terceiro continua sendo procurado.

Segundo a delegada Alana Zarelli, responsável pelas investigações, os autores têm entre 18 e 30 anos e são acusados de homicídio qualificado por traição. “A vítima veio a óbito ainda no local dos fatos, sendo que os primeiros golpes foram nas costas, deixando clara a traição”, afirma.

Durante entrevistas com testemunhas, ainda na madrugada de hoje, a equipe identificou dois autores pelos seus apelidos. Pela manhã, um deles foi localizado e preso. Horas depois, o segundo também foi capturado e encaminhado à delegacia.

O terceiro autor ainda está foragido. A delegada pediu pela prisão preventiva dos três, já que todos teriam saído do local do crime.

Morto a facadas

O corpo da vítima foi encontrado próximo ao meio-fio de um bar que fica na rua Márcia Valéria Freitas no bairro Vila Angélica Dois, depois da meia-noite desta terça (16). O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas ‘Alemão’ já estava morto.

Testemunhas contaram que estavam no bar e viram quando Álvaro veio correndo por estar sendo perseguido por um grupo de cinco homens, sendo que dois deles foram reconhecidos por algumas pessoas que estavam no local.

Álvaro foi esfaqueado por três vezes, sendo que duas facadas nas mãos e no antebraço indicam que ele tentava se defender. O outro golpe atingiu o peito de ‘Alemão’, que morreu no local. Não se sabe por que a vítima fugia dos perseguidores.

Jornal Midiamax