Polícia

Dois são presos com anta 'carneada' em tambor no porta-malas de carro

Motorista e passageiro alegaram que animal foi atropelado e 'decidiram aproveitar a carne'

Danielle Errobidarte Publicado em 18/10/2021, às 15h12

None
(Foto: Ilustrativa)

Dois homens, de 39 e 49 anos, foram presos, na madrugada desta segunda-feira (18), com um filhote de anta abatido no interior de um tambor de plástico, guardado no porta-malas de um Fiat Uno, na MS-324. Ao serem parados pela Patrulha Rural da Polícia Militar, eles afirmaram que o animal foi atropelado e, ao vê-lo agonizando, decidiram carnear.

Conforme consta no boletim de ocorrência, a dupla seguia a aproximadamente 25 quilômetros da área urbana de Água Clara, quando foi parada. Durante vistoria no carro, os policiais encontraram um tambor de plástico com um animal já abatido, sem cabeça, pés e couro, não sendo possível identificação.

O passageiro estava com uma arma calibre 22 e com cinco munições. O motorista alegou, inicialmente, que seria carne de porco, mas depois informou que era um filhote de anta, que havia atropelado com seu carro. Ele ainda afirmou ter pedido para o passageiro atirar contra o animal "para que não sofresse", e decidiram reaproveitar a carne.

Os dois foram presos e encaminhados à delegacia de Água Clara, junto ao carro e à arma apreendidos. Eles vão responder por porte ilegal de arma de fogo e matar espécies da fauna silvestre sem a devida permissão.

Jornal Midiamax