Polícia

Dois são presos após descoberta de abate clandestino em propriedade rural

Gado era furtado de outras fazendas; 70 quilos de carne foram apreendidos

Thatiana Melo Publicado em 04/09/2021, às 14h38

None
(Divulgação)

Claydson Andrei Peixoto Santana de 24 anos e Clayton Peixoto Santana de 47 anos foram presos nesta sexta-feira (3), em uma propriedade rural de Jardim a 239 quilômetros de Campo Grande. O gado era furtado de outras fazendas e a carne vendida de forma clandestina.

O flagrante com a prisão aconteceu por volta das 10 horas da manhã de sexta (3), quando fiscais da IAGRO (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) que estavam trafegando na BR-267 desconfiaram de uma camionete S-10 que passou na estrada em alta velocidade.

Os fiscais perceberam que na carroceria estava um animal abatido. O motorista foi perseguido e quando alcançado disse que o gado que estava na camionete era para seu próprio consumo, mas foi percebido que a marca do animal havia sido retirada.

Já na propriedade dos homens foi localizado em um freezer cerca de 70 quilos de carne bovina, além de petrechos de pesca e um caderno com anotações sobre a venda das carnes demonstrando o comércio ilegal de gado furtado e abatido de forma clandestina.

Na propriedade rural ainda foram localizados dois cachorros em situação de maus-tratos, amarrados, sem comida, sem água e com vários machucados. Também foi localizado munições, calibre .22, e uma arma de calibre .22. Os dois homens acabaram presos em flagrante sendo encaminhados para a delegacia.

Jornal Midiamax