Polícia

Decretada prisão preventiva para membros de quadrilha que vendiam carros furtados de locadoras

Um dos membros da quadrilha era um ex-guarda municipal, que tinha como função locar os carros para a quadrilha

Thatiana Melo Publicado em 30/04/2021, às 12h07

None
(Divulgação PM)

Os membros da quadrilha preso por equipes do Batalhão de Ch oque nesta quinta-feira (29), em Campo Grande, os quatro presos tiveram suas prisões preventivas decretadas pela Justiça. Eles passaram por audiência de custódia, nesta sexta-feira (30).

Entre os membros da quadrilha estava um ex-guarda municipal, que havia sido demitido da guarda em 2016. Ele tinha a função locar os carros para que fossem revendidos a terceiros. Foram presos Vagner da Silva Escobar, motorista, Luca de Melo Gonçalves, estudante; Edipo Torres, ex-guarda municipal, e Glaucus Valerio Fernando Vieira, lavador de carros. Dentro da quadrilha cada um tinha funções distintas para que os crimes fossem concretizados. Edipo e Vagner eram responsáveis pelos aluguéis dos veículos, já Lucas tinha a função de furtar placas para serem colocadas nos carros locados.

Os carros eram revendidos com placas frias, como veículos ‘bobs’ para terceiros instalavam rastreadores nos veículos para que depois pudessem furtá-los depois para fazer outra revenda. Os carros recuperados foram avaliados em aproximadamente R$ 180 mil. Eles locavam os carros, faziam cópias das chaves, instalavam rastreadores e depois furtavam os veículos vendidos para que fossem revendidos novamente.

Vítima

Uma das vítimas da quadrilha contou que, comprou um carro que estava com a placa falsa, porém, durante a madrugada, foi furtado "modus operandi" dos autores para vender como "bob" com uma placa furtada e depois furtar o veículo do próprio comprador.

A vítima ainda contou que para que fosse efetuada a transação, ela deu um veículo Polo Preto e ainda R$ 4 mil, porém, o carro foi levado enquanto dormia, de dentro de sua residência localizada no bairro Aero Rancho.

Quando os integrantes da quadrilha foram presos, em uma das casas várias placas frias foram encontradas pela polícia. Em outra residência de um dos presos disse que que havia mais um carro que havia vendido e estava prestes a furtá-lo, pois se encontrava com a localização e cópia da chave.

Cinco carros foram recuperados e encaminhados para a Defurv (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) e cinco pessoas foram presas e levadas para a delegacia.

Jornal Midiamax