Polícia

Decretada prisão preventiva de quadrilha especializada em roubar caminhonete de mulheres

A justiça decretou a prisão preventiva dos criminosos envolvidos no roubo de uma caminhonete ocorrido na quinta-feira (18), em Chapadão do Sul, município distante 330 quilômetros de Campo Grande. A ação foi realizada em conjunto entre a Polícia Civil e a Polícia Militar, culminando na prisão de quatro suspeitos, de 19, 23, 31 e 32 […]

Renan Nucci Publicado em 22/02/2021, às 13h22

Caminhonete foi recuperada pela PM. Foto: Divulgação
Caminhonete foi recuperada pela PM. Foto: Divulgação - Caminhonete foi recuperada pela PM. Foto: Divulgação

A justiça decretou a prisão preventiva dos criminosos envolvidos no roubo de uma caminhonete ocorrido na quinta-feira (18), em Chapadão do Sul, município distante 330 quilômetros de Campo Grande. A ação foi realizada em conjunto entre a Polícia Civil e a Polícia Militar, culminando na prisão de quatro suspeitos, de 19, 23, 31 e 32 anos, na cidade vizinha de Paraíso das Águas.

“Reconhecendo a legitimidade dos trabalhos desenvolvidos pelas Polícias Civil e Militar de Paraíso das Águas e Chapadão do Sul, o Poder Judiciário acaba de decretar a prisão preventiva de todos os presos, após parecer favorável do Ministério Público”, disse o delegado Alexandro Mendes de Araújo, responsável pelo inquérito. 

“As investigações prosseguem e outras pessoas podem ser presas a qualquer momento pelo envolvimento com essa perigosa quadrilha que tinha como alvos preferenciais mulheres”, finalizou o delegado.

Conforme nota à imprensa, a polícia de Paraíso das Águas foi acionada pela Polícia Civil de Chapadão do Sul a respeito do roubo ainda na quinta-feira passada. Informações eram de que o veículo roubado estaria em uma pedreira na zona rural de Paraíso das Águas. Lá, a PM flagrou a Nissan Frontier ao lado de um veículo Gol ocupado por um homem de 31 anos.

Questionado, o suspeito informou que estava no local dando suporte no abastecimento da caminhonete. Diante dos fatos, ele foi preso em flagrante. Os policiais então foram informados que os demais envolvidos teriam entrado em um residencial de ranchos às margens do rio Sucuriú, também na zona rural de Paraíso das Águas.

No entanto, os policiais sabiam que para chegar a eles sem levantar suspeitas, teriam que ir em um carro descaracterizado, para não chamar a atenção. A equipe então foi no veículo particular de um dos militares. Chegando lá, flagraram o grupo que foi surpreendido e não teve como fugir. Os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil. Já na sexta-feira, em Chapadão do Sul, outro suspeito foi localizado.

Jornal Midiamax